sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

FLORENÇA - ITÁLIA

Pela importância do local, Florença deveria ser um capitulo a parte. Portanto vou postar a minha primeira impressão desta cidade maravilhosa, onde tive a oportunidade de visitar duas vezes - e voltaria quantas mais fossem necessárias - e com certeza aos poucos irei editando e colocando novos comentários. Isso se dá pelo fato de Florença ser um local onde cultura brota em todos os cantos da cidade.


Rio Arno
 Florença é considerada a cidade mais importante da região da Toscana, tem pouco mais de 350 mil habitantes e é considerada o berço da Renascimento Italiano e com certeza uma das mais belas cidades do mundo. Com locais maravilhosos para se visitar, destacam-se os museus, as pontes e os Palácios.
A Ponte Velha ou "Ponte Vecchia" é a mais famosa. 


Ponte Vecchia - "Ponte velha"
 Para visitar o centro nervoso da cultura, recomendo hospedar-se num hotel próximo ao centro, assim você não precisa de carro - dá para ir praticamente tudo a pé, pois se você ficar mais afastado, os hotéis são mais baratos, porem precisará de um carro, e achar um local para estacionar, que é muito difícil, ou de taxi que te deixará próximo. Estando lá arranje um mapa da cidade e com muita disposição, inspire-se no instinto desbravador que há dentro de você e vasculhe cada canto da cidade, entre nas suas ruelas, becos, etc; com cafés, restaurantes, museus e palácios maravilhosos - muitos desses mediante pagamento - a grande maioria vale a pena. Não deixe de conhecer.


Cidade natal de Dante Alighieri, que escreveu o poema - A Divina Comédia, ele faz varias menções à cidade em seus 100 contos que compõe o famoso texto, além de outros que por ali passaram como Michelangelo, Leonardo da Vinci, Boticcelli e Donatello.


O Palácio de Medici que leva o nome da família que governou a cidade por muito anos, é um local que deverá estar no roteiro de todo turista "ou viajante".
Reserve algum tempo para visitar o museu dell"Accademia onde se encontra a estatua de Davi, esculpida por Michelangelo. - Dentro desse museu você não poderá tirar foto, tanto que esta que está aqui nesse blog eu a baixei na internet. 

Estátua de Davi
Dependendo da época, dia e horário, prepare-se para enfrentar longas filas. Normalmente aos domingos é mais procurado para visitação. Existe um sistema de ingresso com valores maiores que você pode determinar a hora que você quer visitar. Informe-se antes de ir até o local. Dentro do museu você poderá apreciar inúmeras obras, poderá ver também os esboços que Michelangelo fez da estatura de Davi que não deram certos e ficaram inacabados.


A obra, antes de ir para o museu dell'Accademia, permaneceu exposta por muitos anos em frente ao Palazzo Vecchio, e foi muito criticado pois estava sofrendo ação do tempo, sendo removido posteriormente para local onde está hoje.
É comum encontrar pela cidade artistas anônimos pintando, esculpindo ou fazendo trabalhos no chão.

Obra em 3D feita com areia
Não deixe de visitar a Confeitaria Gilli fundada em 1733.

Confeitaria Gilli - desde 1733
Há uma infinidade de Palácios que pertenciam às famílias que moravam em Florença, dentre eles se destacam :
- Palácio Velho
- Palácio Pitti
- Palácio Strozzi

Lista completa dos Palácios.

Outro lugar obrigatório para conhecer é a Igreja de Santa Maria del Fiore - a Catedral de Florença. Tendo sua pedra fundamental lançada em 1296, ela somente foi concluída 600 anos depois, no século XIX. Tendo sido interrompida ao longo desses 600 anos por diversos fatores - surtos de pestes que dizimaram a população e dificuldade em transportar enormes quantidades de materiais que vinham da vizinha Carrara. Porem a dificuldade maior vinha da ousadia do projeto arquitetônico elaborado por Filippo Brunelleschi. Com 45,5 metros de diâmetro e 114,5 metros de altura, tinha o desafio de ser construída sem contrafortes externos, para diferenciar dos moldes da Catedral de Milão. Ou seja, os tijolos eram colocados de uma maneira que se auto sustentavam. 
A catedral possui 463 degraus construídos do lado interno da cúpula, que torna essa visita obrigatória e emocionate para os turistas "ou viajantes" que por ali passam todos os anos.



Vista aérea da Catedral Santa Maria del Fiore

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

PÁDUA - ITÁLIA

Entre os santuários do mundo, como está provado há muitos séculos, tem uma particular importância a Basílica dedicada a Santo Antônio, em Pádua – Itália; nela, como todos sabem, conserva-se o corpo do grande Pregador e Taumaturgo Antônio de Lisboa, que é venerado com o nome  da “Santo Antônio de Pádua”; lá acorrem em peregrinação  numerosas multidões da Itália, da Europa e de todas as partes da Terra; desde os primórdios, a Basílica foi zelada com grande amor pelos Frades Menores Conventuais.
Basílica de Santo Antonio
Assim estabelecemos e declaramos Santuário Internacional a Basílica que em Pádua é dedicada a Deus em louvor de Santo Antônio, Sacerdote e doutor da igreja, e cuja particular importância é bem manifesta pelo grande numero de peregrinos que ali acorrem continuamente de toda parte, levados pela sua grande devoção.
Papa João Paulo II.  da Constituição Apostólica “Memórias Sanctorum” de 12 de junho de 1993”.
A basílica de Santo Antônio é uma das grandes metas de peregrinação no mundo. Todos os anos, milhões de peregrinos de todos os países ali param para viverem um “tempo privilegiado do espirito” na oração e reflexão.

O altar Maior (Altar-Mór). Dominado pelo Crucifixo ao centro do altar e pelas outras imagens em bronze da autoria de Donatello, é o coração da Basílica. Faz lembrar as palavras de Jesus que encontramos no Evangelho. “quando for levantado sobre a Terra, atrairei todos a mim”.
Altar-Mór
Capela do Santíssimo Sacramento. Local onde se conserva a Eucaristia e se adora Cristo presente no sinal do Pão.
Túmulo de Santo Antônio. Ali repousam há mais de sete séculos os restos mortais de frei Antônio, perfeito imitador de Cristo, anunciador incansável do Evangelho. É o lugar onde convergem os fiéis com os seus sofrimentos e as suas esperanças; confiam-nas ao Santo que intercede junto ao Pai.
Capela das Relíquias. Conserva as recordações da vida do Santo, particularmente venerada é a relíquia da Língua e das cordas vocais incorruptas.
Túnica de Santo Antonio
A Basílica de Santo Antônio é sem dúvida o complexo arquitetônico mais famoso e rico da cidade de Pádua. A Construção teve início logo após a morte de Santo Antônio, ocorrida em 13 de junho de 1231. Edifício admirável pela junção harmônica de vários estilos ( romântico, gótico, veneto-oriental, barroco), a Basílica do Santo enriqueceu-se ao longo dos séculos com grandes obras de arte.
Vista da frente da Basílica
Considerado o Santo casamenteiro pelos católicos, lá é o local ideal para fazer suas preces para arranjar um bom casamento.Nos arredores da Basílica existem locais muito bonitos para se visitar, além de ótimos restaurantes. Reserve um tempo para caminhar pela cidade e apreciar sua bela arquitetura.



Conheça mais de Pádua visitando o site http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A1dua

terça-feira, 15 de novembro de 2011

PISA - ITÁLIA

Para quem vai à Itália, a visita a Pisa é quase que obrigatória. Apesar de estar um pouco retirada da rota turística, sendo ela uma importante provincia da Região da Toscana, o passeio vale a pena. Tire uma dia inteiro para conhecer Lucca, Pisa, Livorno e outras cidades nesse trajeto, pois um dia inteiro em Pisa, não terá muito o que conhecer.
Torre e a Catedral

Batistério

Para conhecer essa região, fuja das autoestradas, assim você poderá apreciar melhor esse local maravilhoso. Estando de carro você define o seu roteiro, e poderá fazer paradas em locais agradabilíssimos, apreciar restaurantes que são administrados por famílias italianas, conhecer melhor a população e dedicar um tempo às compras.

Vista geral
Chegando a Pisa, não se estresse com os camelôs, que são muitos, vendendo de tudo. Dê preferência primeiro para conhecer a torre, o Duomo e o Batistério.
Batistério - Catedral - Torre
 A subida na torre é muito interessante - são 262 degraus, ao custo de 20 euros ( Setembro 2011 ). Tudo o que você visualizar aqui nessas fotos e em outras que tem na Internet, tenho certeza que nenhuma vai representar a emoção de chegar ao pé dela e verificar sua inclinação e se perguntar.
Inclinação da Torre
 - " Como isso ainda está em pé? Sim é essa a impressão que se tem. É inacreditável que com todo essa inclinação - 3,99 graus, que significa 3,90 metros, ainda permaneça em pé.

Muralhas de proteção


Foto obrigatória
Segundo seu secretário, teria sido na Torre de Pisa que Galileu Galilei teria feito sua experiência, jogando duas bolas de canhão de tamanhos diferentes para chegar a conclusão que a velocidade de descida não se altera em função da massa, porém essa versão não é reconhecida oficialmente.
Desenho simulando a experiência de Galileu

Para conhecer e história completa, visite http://pt.wikipedia.org/wiki/Torre_de_Pisa .

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

MYKONOS - GRÉCIA

Considerado um dos mais populares destinos turísticos das ilhas gregas, Mykonos que em grego significa “Ilha Branca”, é uma aconchegante cidade com aproximadamente 85 km², uma população acolhedora, e tem uma paisagem digna de cartão postal.


Banhada pelo Mar Egeu, que tem um azul cristalino, tem muitas atrações para todos os tipos de turista ou viajante.
Igreja de Parapotiai
Possui uma infinidade de igrejas – aproximadamente 360 – além de ótimos restaurantes, bares e cafés.
Local escolhido por muitos artistas para passar férias.

A Praia de Lia, bem afastada da cidade, é uma ótima opção de descanso e sossego. Já as ruas do centro da cidade, são bem estreitas e movimentadas, e foram construídas para se proteger das fortes rajadas de ventos, e antigamente proporcionava aos moradores a oportunidade de fazer emboscadas aos invasores, além de se proteger de piratas. Hoje a grande maioria utilizada para comércio.



Numa região chamada de pequena Veneza, encontram-se ótimos lugares para comer e beber.

Pequena Veneza
Os lugares são bem disputados, que em determinados momentos há fila, porém vale a pena esperar para curtir algumas taças de vinho branco ou umas cervejas com os amigos.

Moinho Vonís, construído no século XVI, para que as famílias processassem o trigo.

Moinho Vonís
Lugar para se passar ótimas férias, e dependendo do tempo, poderá conhecer outros lugares mais próximos.

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

COMO - ITÁLIA

Estando na Itália, mais propriamente em Milão, um dos lugares onde se deve conhecer é o Lago de Como. Distante 40 minutos de trem de Milão, é um passeio obrigatório para TURISTAS ou VIAJANTES. O lago leva o nome da principal cidade que o circunda ( Como ), além de outras ( Lecco – Menaggio – Bellagio – Varenna ). Tem o formato de um “Y” de cabeça para baixo, e é um dos mais profundos da Europa – 410 metros no ponto mais fundo. Com uma área de 146 Km² é o terceiro maior da Itália, ficando apenas atrás do Lago de Garda e do Lago Maggiori.

O passeio de barco pelo lago é quase que obrigatório, pois será uma oportunidade de conhecer toda sua extensão.


Local de partida dos passeios de barco
Existem passeios de duas e quatro horas, ao custo de aproximadamente 23 e 30 euros respectivamente ( preço base 09/2011 ). Você pode fazer o passeio em mais tempo, basta descer do barco nas cidades onde ele atraca, curtir cada local, e pegar o próximo barco e parar nas próximas estações. Em cada parada encontram-se ótimos restaurantes, bares, cafés e lugares para compras não sendo esse o seu ponto forte.

Do barco você poderá apreciar toda beleza das montanhas dos Alpes Suíços – no inverno deve ser muito frio. Mesmo em outras estações se prepare, pois o tempo muda de uma hora pra outra e desaba a chover.


O que você deve conhecer em Como.
FUNICOLARE.
Além do passeio de barco, outra atração turística é o Funicolare, que vai te levar a um passeio emocionante subindo as montanhas íngremes através de um trilho. A descida é mais emocionante ainda, e o cruzamento dos trenzinhos no meio do trajeto é de arrepiar.


PIAZZA DE DUOMO
Catedral de estilo gótico muito interessante de se conhecer. Fique atento aos horários de abertura e fechamento que variam de um dia para outro

CURIOSIDADE
Caminhando pelas ruas estreitas de Como, deparamos com um Memorial em homenagem a Chico Mendes. Não conseguimos descobrir o por que, numa cidade tão longe, a WWF e a Anistia Internacional fizeram essa merecida homenagem. Se alguém souber o motivo, me fala que eu posto no site.

DICAS INTERESSANTES
A viagem de trem é muito gostosa, e pela diferença de preço, vale a pena pagar pela primeira classe ( 27 euros ), apenas 5 euros a mais do preço da segunda classe. Compre seu bilhete nas maquinas de auto-serviço, é muito fácil, ou nos guichês de atendimento, e no horário marcado esteja na sua plataforma, pois o trem é pontualíssimo. Fique atento ao numero da carroza ( vagão ), e na identificação da sua classe ( Primeira ou Segunda ). Comprando com um dia de antecedência, o seu assento vem marcado, se você comprar na hora, não há numeração pré-definida, e você deverá esperar o trem começar a partir para ver qual lugar sobrou. Antes de entrar no vagão, dirija-se a uma das maquinas instaladas nas plataformas e valide o seu ticket. A primeira classe tem um diferencial, além do conforto das poltronas – são mais largas – é servido bebida, lanche, café, etc.



Você poderá estender o seu passeio até Lugano – Suíça, para isso programe o seu tempo, para não ficar sem ter como voltar.
A comida é muito gostosa, porem nada diferente de pizza, lanche ou pasta. O vinho, apesar de ser nacional (Italiano) é muito caro.


quarta-feira, 19 de outubro de 2011

ATENAS - GRÉCIA

Nessa extraordinária cidade antiga - onde a democracia nasceu, o conhecimento foi nacionalizado e a civilização ocidental tomou forma - o passado continua a moldar o presente. Durante a era do ouro, no século V a.C., Atenas produziu muitas obras monumentais de arquitetura, literatura, matemática, ciência, filosofia e até medicina. Atualmente, esse mundo clássico de Platão, Socrates e Aristóteles permanece vivo na crescente metrópole da Atenas contemporânea. Especialmente depois de sediar as olimpiadas de 2004, Atenas modernizou grande parte de sua infraestrutura, facilitando bastante a exploração de todos os seus pontos turísticos.
Os gastos excessivos acabaram contribuindo com a atual crise, jogando o país num caminho que a volta será muito penosa. Espero que consigam sair.

 
Atenas vista de Acrópole.

 
O calçadão de pedestres é o lugar ideal para se começar, pois ele liga muitos dos mais importantes monumentos. No coração da cidade está situada a Acrópole, com admiráveis templos.
Templo de Afrodite

 

 
Pare em frente a Prefeitura e aprecie a troca da guarda. É muito interessante.

 
Troca da Guarda

 
Aprecie os detalhes das construções e tire suas conclusões de como eram feitas.

 
Detalhe da estrutura

 
Uma curiosidade muito interessante é que existem cachorros domindo em todos os locais, e por mais que voce chame, faça barulho, eles não acordam.

 

 
Uma dica é contratar um taxi, que normalmente fala inglês, acertar um  preço antes - e conhecer os principais pontos da cidade.
Templo de Zeus

 
Local dos primeiros Jogos Olímpicos da era modera. Totalmente reformado

 
Nesse estádio também ocorreu a final da Maratona das Olimpíadas de 2004
Numeros do estádio.

 
Caminhe pela cidade, existem varios lugares para compras, além de comida tipica regada a um bom azeite Grego.

Sugestão de pratos :
  • Taramasalata - uma pasta feita com ovas de peixe.
  • Melitsanosalata - Feita de beringela defumada.
  • Tzatziki - Patê de iogurte, pepino e alho, servido normalmente com pão Sírio.
  • Moussaka - Prato assado com carne de cordeiro moída, batatas e macarrão.

domingo, 9 de outubro de 2011

VENEZA - ITÁLIA

Veneza - A verdadeira Essência

Veneza é do tipo que pensamos ser possível conhece-la num dia, ledo engano. À medida que vai se entrando pelas suas ruas, descobre-se mais e mais lugares, e quando se dá conta o dia já terminou, e você nem sequer conseguiu desfrutar de todas as belezas que ela te oferece. Acredito ser possível conhece-la em um mês. Além dos locais mais conhecidos – Praça de São Marcos; Ponte dos Suspiros; Palácio Ducal, etc... é hora de esquecer o mapa, e literalmente se perder em Veneza, e descobrir locais muito interessantes, perambulando pelos  seus canais.
Canais de Veneza

Como sugestão, comece o dia na Praça de São Marcos, onde poderá sentar-se e saborear um delicioso cappuccino cremoso – fique atento ao preço, em torno de 10 euros. Depois caminhe pelas elegantes ponte, praças e ruas dos suntuosos palácios. Aprecie a arquitetura, uma combinação de requintados estilos: bizantino, gótico e renascentista. Faça suas compras de ultima hora, como as joias em cristal de Murano ou rendas de Burano. Dependendo da hora que você chegar a fabrica de Murano, poderá ver os artesãos processando os famosos cristais. Ao final do dia termine com uma taça de Prosecco de Conegliano e um prato típico de canapés como sardinhas marinadas ou pinças de caranguejo fritas.
Praça de São Marcos

Se ainda tiver disposto e com folego, estique o seu passeio para conhecer essa maravilhosa cidade à noite. É indescritível. Só vendo para crer.
Dependendo da época do ano (novembro a fevereiro) a maré sobe, e Veneza fica totalmente alagada. Não sei se é uma boa, pois não estive lá nessa época.
Veneza Alagada

Uma boa pedida é uma parada nos bares que tem aos montes nas ruelas, e saborear um bom vinho acompanhado de uma porção de queijo, e é claro, junto com os amigos.
Dica de hospedagem: Se você procura hotéis mais baratos, prefira ficar em Mestre, porem terá que ir de trem, taxi ou ônibus para visitar Veneza. Se você se hospedar em Veneza, os hotéis são um pouco mais caros, mas estará no centro de tudo.
Ponte da Constituição

Das vezes em que estive em Veneza, não constatei nenhum cheiro de esgoto ou vi algum rato. Apenas em alguns lugares, onde as aguas permanecem paradas é que se nota um pequeno odor. Nada diferente do que se sente com maior intensidade em São Paulo ou Recife.
O passeio de gondola é uma boa pedida romântica. Casais em lua de mel não devem deixar de fazê-lo, e para aqueles que estão em sua segunda, terceira, quarta lua de mel, também é muito romântico.
Gondoleiros

Existem vários cruzeiros partindo de Veneza, a vista é maravilhosa.
Vista Geral de Veneza - Vista do deck 11 do navio Splendour of the Seas

Conheça mais de veneza, sua história, importancia cultural e comercial em  http://pt.wikipedia.org/wiki/Veneza