terça-feira, 15 de novembro de 2011

PISA - ITÁLIA

Para quem vai à Itália, a visita a Pisa é quase que obrigatória. Apesar de estar um pouco retirada da rota turística, sendo ela uma importante provincia da Região da Toscana, o passeio vale a pena. Tire uma dia inteiro para conhecer Lucca, Pisa, Livorno e outras cidades nesse trajeto, pois um dia inteiro em Pisa, não terá muito o que conhecer.
Torre e a Catedral

Batistério

Para conhecer essa região, fuja das autoestradas, assim você poderá apreciar melhor esse local maravilhoso. Estando de carro você define o seu roteiro, e poderá fazer paradas em locais agradabilíssimos, apreciar restaurantes que são administrados por famílias italianas, conhecer melhor a população e dedicar um tempo às compras.

Vista geral
Chegando a Pisa, não se estresse com os camelôs, que são muitos, vendendo de tudo. Dê preferência primeiro para conhecer a torre, o Duomo e o Batistério.
Batistério - Catedral - Torre
 A subida na torre é muito interessante - são 262 degraus, ao custo de 20 euros ( Setembro 2011 ). Tudo o que você visualizar aqui nessas fotos e em outras que tem na Internet, tenho certeza que nenhuma vai representar a emoção de chegar ao pé dela e verificar sua inclinação e se perguntar.
Inclinação da Torre
 - " Como isso ainda está em pé? Sim é essa a impressão que se tem. É inacreditável que com todo essa inclinação - 3,99 graus, que significa 3,90 metros, ainda permaneça em pé.

Muralhas de proteção


Foto obrigatória
Segundo seu secretário, teria sido na Torre de Pisa que Galileu Galilei teria feito sua experiência, jogando duas bolas de canhão de tamanhos diferentes para chegar a conclusão que a velocidade de descida não se altera em função da massa, porém essa versão não é reconhecida oficialmente.
Desenho simulando a experiência de Galileu

Para conhecer e história completa, visite http://pt.wikipedia.org/wiki/Torre_de_Pisa .

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

MYKONOS - GRÉCIA

Considerado um dos mais populares destinos turísticos das ilhas gregas, Mykonos que em grego significa “Ilha Branca”, é uma aconchegante cidade com aproximadamente 85 km², uma população acolhedora, e tem uma paisagem digna de cartão postal.


Banhada pelo Mar Egeu, que tem um azul cristalino, tem muitas atrações para todos os tipos de turista ou viajante.
Igreja de Parapotiai
Possui uma infinidade de igrejas – aproximadamente 360 – além de ótimos restaurantes, bares e cafés.
Local escolhido por muitos artistas para passar férias.

A Praia de Lia, bem afastada da cidade, é uma ótima opção de descanso e sossego. Já as ruas do centro da cidade, são bem estreitas e movimentadas, e foram construídas para se proteger das fortes rajadas de ventos, e antigamente proporcionava aos moradores a oportunidade de fazer emboscadas aos invasores, além de se proteger de piratas. Hoje a grande maioria utilizada para comércio.



Numa região chamada de pequena Veneza, encontram-se ótimos lugares para comer e beber.

Pequena Veneza
Os lugares são bem disputados, que em determinados momentos há fila, porém vale a pena esperar para curtir algumas taças de vinho branco ou umas cervejas com os amigos.

Moinho Vonís, construído no século XVI, para que as famílias processassem o trigo.

Moinho Vonís
Lugar para se passar ótimas férias, e dependendo do tempo, poderá conhecer outros lugares mais próximos.