sexta-feira, 13 de agosto de 2021

Lençóis Maranhenses - Maranhão - Brasil

Lençóis Maranhenses

Período : De 06 a 13 de agosto 2021
Jairo, Silvana, Silvio e Alessandra
Hospedagem : Pousada Vasto Horizonte
Agencias : Azul Turismo e Rota Tur
Passagem aérea : Campinas / São Luiz / Campinas - Azul Linhas Aéreas

Depois de um longo período sem poder viajar por conta da pandemia, os Lençóis Maranhenses foi o escolhido.
Escolhemos fixar base em Barreirinhas - MA, cidade com aproximadamente 65 mil habitantes, e dali saímos todos os dias pela manhã para fazermos os passeios.
Existem muitas agencias de turismo para contratar esses passeios - escolhemos a (Rota Tur - clique aqui) - na verdade, concluímos que elas trabalham em conjunto, pois os preços são sempre os mesmos, com pequena variação dependendo do dia e dos locais que você quer conhecer. Independente disso, todas elas atendem muito bem, são pontuais, buscam os hospedes nas pousadas e levam no final do passeio, que normalmente demora o dia todo. As reservas podem ser feitas pelo celular e whatsApp e o pagamento é no inicio dos passeios.
Os passeios nas dunas, são realizados em "Pau-de-arara", que são caminhonetes Hillux 4 x 4, adaptadas com bancos na carroceria e cobertas com toldo de lona. Pura aventura, segurança zero.




DIA 1 (Passeios de quadriciclo até Caburé)

Logo no primeiro dia, optamos por fazer o passeio de quadriciclo que tinha como ponto final Caburé. Depois de um rápido treinamento (cinco minutos) de como operar o veículo saímos com destino às dunas. Inicialmente pegamos um trecho da BR (asfalto) com transido de veículos. Normalmente o veículo anda em quinta marcha e atinge 50 km. por hora. Nada mal, depois dos  minutos de treinamento. Importante : Nada de capacete.
Três regras que você deve obedecer para não ser punido pelo organizador do passeio :
1 - Andar em filha indiana. ( normalmente 7 a 9 quadriciclos).
2 - Não ultrapassar o quadriciclo da frente.
3 - Não emparelhar com outro quadriciclo para conversar.
Caso você desrespeite essas regras, na primeira vez você é advertido, na segunda vez, nova advertência e na terceira você será "Convidado" a retornar à base em cima de uma caminhonete.

Antes de chegarmos às dunas, passamos por trilhas estreitas de areia, com muitas poças d'agua para atravessar. Adrenalina pura. O guia te orienta como deve ser feita a travessia dessas poças, a velocidade, o melhor local e a marcha correta. Normalmente, segunda marcha.


As trilhas ficam entre as arvores

O passeio de quadriciclo (Clique aqui e veja o vídeo) pelas dunas deve ser encarado como uma aventura única, pois cada subida e cada descida é uma sensação diferente e maravilhosa. Durante o percurso fizemos varias paradas nas lagoas, que estavam num nivel muito bom ( nem muito cheia e nem muito vazia) - agosto é a melhor época para fazer esse passeio.
Antes de chegar em Caburé, passamos pela usinas de geração de energia eólica. (Clique aqui e veja os detalhes)
Caburé conta com uma estrutura de restaurante, banheiros, duchas e redário. Local bem simples, comida razoável, cerveja gelada e bom atendimento. Os pratos demoram um pouco pra sair, enquanto isso tome algumas cervejas e drinks.
A primeira parte do passeio termina por volta das 15 horas e depois é feito o caminho todo de volta, chegando em Barreirinhas por volta das 18 horas.

Redário


DIA 2 ( Lagoa Azul e Lagoa Bonita )

O passeio para esses locais é feito em caminhonetes, conforme já falei no inicio, e é um dos mais bonitos de todo circuito. Nele você vai ter uma ampla visão de parte do Parque dos lenções Maranhenses. Como falei anteriormente, cada duna, cada lagoa e cada trecho é uma emoção diferente.
Nesse passeio, que é feito em dois períodos, opte por fazer a Lagoa Azul por ultimo e aguarde o por do sol. É uma visão única.
Durante o percurso tem várias paradas em lagoas, também tem para para almoço e descanso.
Subida para acesso aos Lençóis Maranhenses e por do sol.









Fotos Lagoa Azul e Por do Sol.

DIA 3 (Descanso na pousada)




DIA 4 - Atins

Atins é um vilarejo de pescadores, localizado no município de Barreirinhas - MA, onde as aguas do Rio Preguiças se encontram com o Oceano Atlântico. O local é frequentado por praticantes de Kitesurf.
Reprodução
Os barcos de pescadores se misturam com os turistas e o local é servido por alguns restaurantes que tem o camarão como prato principal.





DIA 5 - (Santo Amaro)
Partindo de Barreirinhas, Santo Amaro está localizado a 95 km de distância. Prepare-se para uma longa viagem em cima de um Pau de Arara.



DIA 6 - Passeio de lancha pelo Rio Preguiças

O Rio Preguiças tem suas aguas muito calmas e o seu nível oscila de acordo com os horários da maré do Oceano Atlântico. Durante o percurso são feitas algumas paradas, dentre elas a comunidade de Vassouras onde se encontram os macacos pregos, famosos por interagirem com os turistas, "roubando" comidas, bonés e celulares.
Outra parada é o Farol de Preguiças, mais conhecido como Farol de Mandacaru, que é administrado pela Marinha brasileira. Atualmente ele está fechado para reformas, não podendo entrar e subir as escadarias.
Não deixe de provar as batidas e o delicioso sorvete de castanha de caju.
O passeio termina em Caburé, com almoço e tempo para descanso no redário. As 15:30 hs a lancha retorna para Barreirinhas e vai parando nos piers dos hotéis que fazem divida com o rio para deixar os turistas.






E na volta pra casa presenciamos esse lindo amanhecer.